A LIDERANÇA MOBILIZADORA… Motivar ou Mobilizar Equipas?

Por o 11 Outubro 2018

Num contexto marcado por fortes restrições e constrangimentos económicos e sociais, com impacto direto nos fatores e instrumentos que nos habituámos a associar à motivação das pessoas nas organizações, fará sentido continuar a falar no papel dos líderes enquanto agentes ativos e “fontes” de MOTIVAÇÃO?

 

 

Sinceramente, acho que não! Acredito, cada vez menos, na necessidade de se promover a motivação das pessoas das nossas equipas… Acredito, cada vez mais (sobretudo no campo da necessidade de envolvimento dos colaboradores nos atuais contextos de incerteza nas organizações) de se promover um clima facilitador da auto-motivação nas nossas empresas, pois só uma “visão auto motivadora” permitirá alcançar as metas e determinar o sucesso…

 

Ora, em tempos de incerteza, de constantes mudanças, em que nem sempre os resultados surgem como proporcionais ao esforço que lhes emprestamos, mais do que persistir em (tentar) motivar as pessoas, impõe-se MOBILIZAR as nossas equipas, tendo em vista uma clara orientação para respostas de emergência à mutabilidade das circunstâncias.

 

Julgo, aliás, que estamos perante uma mudança de paradigma: De um paradigma de Motivação para um paradigma de MOBILIZAÇÃO…

 

Neste quadro atual, no qual quase nada de “material” existe ao dispor dos gestores de pessoas, mobilizar equipas significa, acima de tudo, envolver, comunicar, criar compromissos comuns, inovar, partilhar, acreditar, integrar, confiar e, sobretudo, energizar…

 

MOBILIZAR é, pois, a palavra de ordem! Neste quadro, as lideranças assumem novos e renovados papéis. A LIDERANÇA MOBILIZADORA é, claramente, a chave para o sucesso nos processos de envolvimento das Equipas e na necessidade de orientação permanente dos melhores “caminhos” na prossecução dos objetivos traçados face aos contextos turbulentos…

 

Mas, o que caracteriza, afinal, a Liderança Mobilizadora?

 

Trata-se de uma (nova) liderança capaz de…

 

ENVOLVER – os colaboradores em torno de um “projeto significativo” comum a todos; envolver as equipas na procura de soluções para os problemas concretos; o líder mobilizador não desfoca NUNCA os resultados mas ENVOLVE as pessoas e as equipas no seu alcance; os SUCESSOS são de todos (não apenas no Líder)…

 

COMUNICAR SEMPRE – comunicar de todas as formas possíveis, informando da situação e dos caminhos a percorrer; do “que se passa” em relação ao presente/futuro da organização; FALAR SEMPRE VERDADE mesmo quando não se pode “dizer muito” acerca de determinada situação ou momento…

 

INOVAR – fazer SEMPRE diferente apenas dos riscos associados; ser capaz de empreender novas ideias e desafios apesar dos contextos adversos de crise…

 

ENERGIZAR – ter e demonstrar a energia necessária em cada momento; passar “energia positiva para a organização”; ser exemplar nas suas ações; utiliza PALAVRAS e expressões POSITIVAS (tipo: “Desafio” em vez de “problema”…) ; celebra os sucessos da Equipas e da Empresa reforçando os comportamentos e as “conquistas” em público (comunicação interna e externa)…

 

COMPROMETER E COMPROMETER-SE – passar em todos os casos uma mensagem de que o líder está comprometido com os objetivos a atingir; criar compromissos dentro da organização; comprometer EQUIPAS e pessoas em torno dos ideias, da missão, dos valores da empresa…

 

INTEGRAR – meios, equipas, processos e culturas. O líder mobilizador não desfoca nunca os resultados, mas ENVOLVE todos no seu alcance…

 

CONFIAR E PASSAR CONFIANÇA – reconhece o mérito e a excelência dos colaboradores… O líder mobilizador é CREDIVEL e é, necessariamente, INSPIRADOR…

 

PARTILHAR – Partilhar a EXPERIÊNCIA, as emoções, a resiliência com todos dentro das Equipas e da Empresa como “conquistas comuns” ou “património coletivo”; põe os conhecimentos ao dispor das Equipas e estimula a partilha interna…

 

ACREDITAR – que os colaboradores da empresa são capazes de prestar um serviço de EXCELÊNCIA E QUALIDADE e o Líder Mobilizar é capaz de lhes transmitir mensagens positivas de que ACREDITA MESMO… O ponto essencial é demostrar que se acredita nas equipas através de mensagens POSITIVAS passadas para o exterior da Empresa sobre as realizações e o trabalho da (sua) Equipa.

 

ORA, em contexto de crise e de incerteza estes tópicos assumem especial acuidade, dado que exigirão do LIDER MOBILIZADOR maiores cuidados no que concerne a cada um destes, até porque os fatores “TEMPO” e “dinheiro” jogam, cada vez mais, a seu desfavor.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Teresa Pascoal Desde 5 dias

Cada vez mais a globalização e a envolvência de instabilidade de informação que daí advém exige a mobilização de todas as pessoas para que as Organizações cada vez mais se tornem elásticas e eficazes, de forma á adaptação ás exigências que o mercado global obriga.
Cada vez mais são as Pessoas o ativo crucial para o desempenho de excelência necessário para a prossecução e sucesso na conquista de todos os objetivos e milestones.
Muito bem construído este tópico, excelente!

Resposta

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe