9 Dicas fundamentais para liderar equipas de projeto

Por o 10 Outubro 2017

Cada vez mais as empresas salientam a importância de trabalhar em equipa. Trabalhar com várias pessoas na mesma sala não significa que esta seja uma equipa.

Ernesto Berg no seu livro “O Poder da Liderança” afirma que “Equipa é muito mais do que isso: significa pessoas que trabalham em conjunto, interagindo, respeitando-se e auxiliando-se mutuamente.”

liderar equipas de projeto

Por seu turno, uma equipa de projeto é constituída por um número restrito de pessoas, com competências complementares, que se comprometem em torno de um projeto e de objetivos comuns, adotando métodos comuns e sendo solidariamente responsáveis.

Mas… como formar uma boa equipa?

1 – Crie uma missão com a equipa

Equipas que entendem o propósito e o objetivo daquilo que estão a fazer são mais comprometidas do que as que não têm esse foco. A missão deve conter uma mensagem inspiradora que expresse o mais profundo propósito do trabalho que está a ser realizado. 

2 – Fixe objetivos e metas

Uma equipa de sucesso tem elementos que partilham os mesmos objetivos e se dedica ao mesmo propósito. Envolva a equipa na elaboração dos objetivos e metas do projeto aumentando o comprometimento e envolvimento de todos. Sempre que possível atribua responsabilidades de acordo com a aptidão e o conhecimento de cada um dos elementos da equipa.

3 – Estabeleça as regras do jogo

Dialogue com todos os elementos e, em conjunto, estabeleça as regras de comportamento e interação da equipa (uma espécie de contrato psicológico). As regras de jogo deverão incluir itens como:

  • espírito de equipa;
  • respeito pelas ideias do outro;
  • confiança mútua;
  • colaboração;
  • diálogo;
  • valores da equipa de projeto;
  • criatividade.

Desta forma, estará a envolver os colaboradores na criação de um ambiente de participação e comprometimento, fundamentais para o sucesso do projeto.

É do consultor americano Jon Katzenbach a afirmação: “A noção de que se um fracassar, todos fracassam premeia as equipas de projeto. Profundos compromissos pessoais de cada um para com o crescimento e o sucesso dos colegas é o que mais distingue essas equipas das equipas comuns.”

4 – Fixe a autonomia do grupo

Defina claramente os limites de autoridade e responsabilidade de cada elemento da equipa, através da delegação de tarefas. Líderes autênticos delegam tudo o que podem e devem. Eles não delegam TUDO, mas tudo o que podem e devem. E a maior parte das tarefas de um gestor é delegável.

Além disso, de entre todas as ferramentas à disposição do líder, a delegação é uma das mais eficazes: proporciona o crescimento pessoal e profissional, não só do gestor, como também dos colaboradores e, consequentemente, da equipa.

Lembre-se: por mais que seja produtivo, chegará um ponto em que NÃO será possível fazer tudo sozinho.

5 – Promova o trabalho em equipa

Estabeleça planos de desenvolvimento profissional para cada um de seus colaboradores e faça com que todos se auxiliem mutuamente. Sempre que possível, estimule projetos ambiciosos e faça com que os resultados sejam fruto de um trabalho em conjunto e não, apenas, individual. Faça com que a equipa tenha orgulho de si mesma e terá deixado a semente do compromisso e da produtividade.

6 – Desenvolva, ininterruptamente, a equipa

Proporcione regularmente (várias vezes por ano) formação à sua equipa, pois isso contribuirá decisivamente para a reciclagem e atualização de conhecimentos. Neste processo, tenha sempre em consideração os prévios conhecimentos, experiências e competências das pessoas.

Incentive-os a participar em cursos, seminários, formação online, etc. Invista em si e na sua equipa de trabalho impulsionando o desenvolvimento individual e coletivo!

7 – Monitorize os trabalhos

Acompanhe as atividades da equipa com base no desempenho previamente acordado em comum (objetivos e metas). Não se pode exigir o que não foi acordado nem definido previamente. A avaliação deve ter em consideração a qualidade, a quantidade e os prazos definidos.

8 – Faça reuniões produtivas

Uma das maiores pedras no sapato dos líderes de projeto são, em muitos casos, as reuniões. Não obstante, poucas ferramentas são tão úteis na procura de eficiência, eficácia e desenvolvimento de equipas como as reuniões bem conduzidas. Se liderar reuniões não é o seu ponto forte, sugiro que faça um bom curso sobre este assunto.

9 – Promova o convívio

Equipas produtivas e motivadas têm muito tempo de convívio. É importante que os elementos convivam e se conheçam mutuamente para promover uma maior interação, diálogo e, sobretudo, confiança.


Deseja saber mais acerca da liderança de equipas de projeto?

Veja o programa do curso de formação: Liderar e gerir equipas de projeto.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe