Maximizar… ou não!

Por o 7 Fevereiro 2020

A grande maioria das empresas vive na presunção de que para garantirem a sua sustentabilidade devem utilizar a fórmula maximizar resultados minimizando custos. De forma simplista e estritamente economicista, a fórmula aparentemente está certa.

A questão está pois em articular todas as variáveis que formulam essa equação e de onde deriva o resultado final, como por exemplo: a variável Pessoas, também estas dentro da sua equação querem maximizar os seus resultados (financeiros, de reconhecimento, valorização, desenvolvimento intelectual, elevação espiritual) e  minimizar riscos/medos/esforços ( trade off família/amigos versus trabalho, custos de oportunidade diversos, trade off em ter versus ser).

 

 

Alinhar as variáveis desta equação num sentido de maximização de resultado e minimização de custos é um desafio com infinitas soluções e infinitos problemas.

 

Hoje, assistimos também de forma sistemática, à maximização do valor e minimização de custos no ecossistema empresarial à custa de desgaste e destruição do meio ambiente. Logo, na equação onde esse fator deveria ser valorizado e alinhado com uma ponderação máxima, presenciamos a sua deterioração com impactos presentes e futuros irreparáveis e devastadores. Ainda subsiste uma sede de resultados de curto prazo fáceis, rápidos, estonteantes que comprometem a existência de vida futura.

Simultaneamente as organizações que se orientam apenas a resultados financeiros e não à maximização o fator Pessoas, condenam a empresa, assim como a sociedade ao desgaste e destruição também do ecossistema. “Mente Sã em corpo São” deve ser a pedra basilar das pessoas nas empresas e das empresas nas pessoas.

  • Sem pessoas maximizadas, num ambiente maximizado não poderemos maximizar resultados verdadeiros.

 

A sustentabilidade das organizações deve assentar em pessoas sãs, felizes num mundo limpo, respirável integrando e respeitando a beleza e bondade dos recursos naturais.

 

Maximizar Resultados é Maximizar pessoas em equilíbrio com o seu habitat, com a natureza . Maximizar é tornar perene.

Para saber mais sobre este tema, recomendamos a formação CEGOC Liderança Transformacional

/5 - Voir tous les avis

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe