Desenvolver a performance das pessoas e das organizações

Por o 27 Março 2017

Um artigo de Jos Arets & Charles Jennings (do 70:20:10 Institute) sobre como utilizar eficazmente o Referencial 70:20:10 para desenvolver as pessoas e as organizações.

 

S12-BLOG-LID-680X250

 

Gestores focados no eficaz desenvolvimento das pessoas têm equipas com maior performance.

 Charles Jennings

 

Cada vez mais empresas estão a adotar o modelo 70:20:10 para ajudar a conseguir o máximo impacto nos seus resultados. Exemplos disso são empresas como a Coca-Cola, Danone, American Express, entre outras.

No entanto, uma questão que surge frequentemente é se esta abordagem se trata de uma teoria da aprendizagem para aplicar no local de trabalho, uma forma de reduzir os custos de formação, ou uma espécie de mantra a ser seguido?

Em alternativa, o 70:20:10 será simplesmente “vinho velho em garrafas novas”, dado que a maioria dos profissionais de formação e desenvolvimento (L&D) consideram que já combinam e integram soluções de aprendizagem com o trabalho?

Mas poderá perguntar-se: para quê dar importância ao 70:20:10?

 

A fórmula 70:20:10

Mas ‘o que é isto da fórmula 70, 20, 10′? As pessoas tendem a desconfiar de números redondos (como estes). Certamente a realidade da aprendizagem e do desempenho é demasiado complexa para ser reduzida em rácios simples. Apesar das críticas, há um movimento mundial de profissionais de L&D que reconhece o valor do referencial 70:20:10. Não se trata de um mantra, uma ideologia ou um fim em si mesmo, mas permite uma conexão mais rápida e eficaz com o que realmente importa: acompanhar a aprendizagem e performance à velocidade a que os negócios ocorrem.

 

Utilizar o 70:20:10 como modelo de referência

O trabalho dos profissionais de L&D não é apenas o de encontrar soluções formais de aprendizagem. Ao utilizarem o 70:20:10 como um modelo de referência, cada vez mais profissionais de L&D estão a cocriar soluções com os seus colegas e parceiros de negócio.Este “movimento” e nova forma de trabalhar, através do modelo 70:20:10, torna a área de L&D muito mais relevante para as Organizações.

 

 

Apoio à Performance com o 70:20:10

 Quando se analisa o potencial do 70:20:10, o ponto de partida para o nosso pensamento deve ser a questão: É possível desenvolver a performance das pessoas e das organizações utilizando este modelo de referência?   À primeira vista, isto pode não parecer uma questão original. Durante décadas, os profissionais têm tentado medir o retorno e o impacto no negócio de várias abordagens de L&D. No entanto, sabemos que um retorno e impacto positivo nos negócios nunca será alcançado simplesmente através de um catálogo de formação formal e soluções de e-learning. Então, faz sentido pensar em outras formas pelas quais o L&D pode agregar valor às organizações.Argumentamos que isto é possível usando o 70:20:10 como uma estrutura para a ação, projetando uma combinação ideal de soluções formais e informais alinhadas com este modelo.

 

Referencial 70:20:10 – para além das proporções…

O referencial 70:20:10 descreve a forma como os profissionais de elevada performance alcançam os seus resultados: 70% de aprendizagem pela prática e experiência no contexto de trabalho, cerca de 20% através de aprendizagem com os colegas, e 10% aproximadamente, através de aprendizagem formal e outros processos formais.

 

Um fator chave a considerar é que o 70:20:10 requer uma mudança de mindset de L&D. Em vez de se olhar para a aprendizagem como uma mera forma de alcançar resultados do negócio, coloca-se a ênfase na performance, permitindo adicionar valor aos resultados de forma mais integrada. Desta forma, destaca-se o propósito original das profissões de RH e L&D, que é ajudar as pessoas e organizações a fazerem melhor o seu trabalho.

 

Mas como é que as pessoas e as organizações podem fazer melhor o seu trabalho?

Bom, isto não acontece por si só… Esta importante mudança também exige que os profissionais de RH e L&D adotem um conjunto de novos papéis e tarefas, para que a mudança efetiva possa acontecer Mas sobre estes papéis, falaremos num próximo artigo.

 

 

Veja outros textos sobre o tema:

Uma Nova Abordagem à Formação e Desenvolvimento das Pessoas

Mas afinal o que é o Referencial 70:20:10?

 

E conheça o 70:20:10 Expert Programme, dedicado aos profisisonais de formação e desenvolvimento.


Texto traduzido e adaptado do artigo original “Designing learning that works – Using 70:20:10 effectively” de Jos Arets & Charles Jennings.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Avatar

Ronaldo Lundgren Desde 4 anos

O modelo dos professores Morgan McCall, Robert Eichinger e Michael Lombardo vem sendo adotado cada vez mais. Acredito que a liderança de uma organização deva dedicar maior atenção aos 20% de aprendizagem. É a transmissão do conhecimento tácito entre colegas que pode assegurar o diferencial entre os concorrentes. Parabéns pelo artigo. (www.lideranca.blog.br)

Resposta
Bruna Ferreira

Bruna Ferreira Desde 2 anos

Obrigada pelo comentário tão positivo, Ronaldo Lundgren. 🙂
Esperamos que continue a acompanhar a nossa partilha de conhecimento aqui no blog de Liderança e Management.

Resposta

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe